Homem mata seis pessoas em shopping e é morto pela polícia

Homem é morto pela polícia, após esfaquear pessoas em shopping na Austrália

Ao menos seis das vítimas morreram. Outras oito pessoas foram encaminhadas para o hospital, incluindo um bebê de nove meses.

Um homem foi baleado e morto pela polícia, após esfaquear várias pessoas neste sábado (13). O ataque aconteceu em um shopping em Bondi Junction, na região metropolitana de Sydney, na Austrália.

Segundo a polícia australiana, ao menos seis das vítimas do agressor morreram, sendo cinco mulheres. Outras oito pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas para o hospital, incluindo um bebê de nove meses, que, segundo a BBC, foi levado para a cirurgia.

O comissário assistente de polícia de Nova Gales do Sul, Anthony Cooke, afirmou, em coletiva de imprensa, que acreditava que o suspeito agiu sozinho, reiterando que não havia nada no local que “pudesse indicar qualquer motivo ou ideologia.”

A polícia australiana afirmou que não existe uma “ameaça contínua” e disse que, apesar de o caso ainda estar em investigação, não acredita que tenha sido um ataque terrorista.

O complexo Westfield Shopping Centre, onde o ataque aconteceu, foi esvaziado e está seguro. Além disso, o local deve permanecer fechado no domingo, enquanto a investigação sobre o ocorrido continuará sendo feita.

Ainda segundo a polícia australiana, o agressor era um homem de 40 anos “conhecido pelas autoridades policiais”. Informações sobre as identidades das vítimas ainda não foram divulgadas.

“Esta noite os primeiros pensamentos de todos os australianos estão com as vítimas desses atos terríveis”, acrescentou o premiê.

A Austrália tem algumas das leis mais rígidas do mundo sobre armas e facas, e ataques como esse costumam ser raros.

Como tudo aconteceu?
A polícia informou que os serviços de emergência australianos foram chamados ao shopping pouco antes das 16h, no horário local.

Ayush Singh, 25, estava trabalhando em um café no shopping quando viu o ataque e ouviu tiros, enquanto a polícia respondia.

“Eu vi o homem [agressor] com a faca correndo e perseguindo as pessoas. Quando ele passou ao meu lado, ouvi dois ou três tiros e ele foi neutralizado”, afirmou ele à agência de notícias Reuters.

“As pessoas ao meu redor ficaram apavoradas”, completou.

Várias publicações nas redes sociais mostraram multidões fugindo do shopping e carros de polícia e de serviços de emergência correndo para a área.

Por g1

Compartilhe:

Deixe um comentário