Suposta vitima de afogamento é encontrada com vida

No ultimo Domingo(14), se propagou a informação de dois casos de morte por afogamento na cidade de Afogados da Ingazeira.

Noticias atualizadas dão conta de que apenas um dos dois casos noticiados houve óbito.
Moradores  do local conhecido como Ponte de Ze Coió, nas imediações da Barragem de Brotas, onde teria ocorrido o segundo caso de afogamento.

Homem de nome Cicero Lopes Feitosa, esteve sem manter contato com amigos e familiares durante todo dia de ontem.
Foi quando familiares buscaram ajuda para encontrar Cicero, buscas foram feitas e a conclusão previa seria que o mesmo havia se Afogados no local em que era de costume pescar.

Bombeiros Militares mergulhadores da cidade de Serra Talhada se deslocaram até a cidade de Afogados para dar inicio as buscas do corpo do mesmo.
Com o escurecer do dia, deram pausa nas buscas para dar inicio hoje pela manhã.

No desfecho do caso, familiares entrou em contato para informar que Cícero Lopes está vivo pois, havia se deslocado para outra parte da barragem conhecida como Ilha, para encontrar como amigos de pescaria e ficou por lá mesmo.

Homens morrem vitimas de afogamento

Os afogamentos aconteceram na tarde deste domingo (14/04), em comunidades diferentes.

O primeiro caso ocorreu na comunidade de Quíxaba dos Liberais, Wellington tinha 35 anos, conhecido por Galego, filho de Doda.
Durante um momento familiar no açude da comunidade, veio a óbito por afogamento.

O segundo caso ocorrido se deu nas margens da Barragem de Brotas, próximo a estrada velha, lugar conhecido como “ponte de zé coió”. Acontecido se deu pelo fato dele(a vitima), tentar recolher as redes de pescas, conhecida como Galão.

Ainda não divulgado o nome da vitima.

As buscas irão dar continuidade pela parte da manhã(15), com Bombeiros Mergulhadores de Serra Talhada.

Informações de @marconypereira77

Homem mata seis pessoas em shopping e é morto pela polícia

Homem é morto pela polícia, após esfaquear pessoas em shopping na Austrália

Ao menos seis das vítimas morreram. Outras oito pessoas foram encaminhadas para o hospital, incluindo um bebê de nove meses.

Um homem foi baleado e morto pela polícia, após esfaquear várias pessoas neste sábado (13). O ataque aconteceu em um shopping em Bondi Junction, na região metropolitana de Sydney, na Austrália.

Segundo a polícia australiana, ao menos seis das vítimas do agressor morreram, sendo cinco mulheres. Outras oito pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas para o hospital, incluindo um bebê de nove meses, que, segundo a BBC, foi levado para a cirurgia.

O comissário assistente de polícia de Nova Gales do Sul, Anthony Cooke, afirmou, em coletiva de imprensa, que acreditava que o suspeito agiu sozinho, reiterando que não havia nada no local que “pudesse indicar qualquer motivo ou ideologia.”

A polícia australiana afirmou que não existe uma “ameaça contínua” e disse que, apesar de o caso ainda estar em investigação, não acredita que tenha sido um ataque terrorista.

O complexo Westfield Shopping Centre, onde o ataque aconteceu, foi esvaziado e está seguro. Além disso, o local deve permanecer fechado no domingo, enquanto a investigação sobre o ocorrido continuará sendo feita.

Ainda segundo a polícia australiana, o agressor era um homem de 40 anos “conhecido pelas autoridades policiais”. Informações sobre as identidades das vítimas ainda não foram divulgadas.

“Esta noite os primeiros pensamentos de todos os australianos estão com as vítimas desses atos terríveis”, acrescentou o premiê.

A Austrália tem algumas das leis mais rígidas do mundo sobre armas e facas, e ataques como esse costumam ser raros.

Como tudo aconteceu?
A polícia informou que os serviços de emergência australianos foram chamados ao shopping pouco antes das 16h, no horário local.

Ayush Singh, 25, estava trabalhando em um café no shopping quando viu o ataque e ouviu tiros, enquanto a polícia respondia.

“Eu vi o homem [agressor] com a faca correndo e perseguindo as pessoas. Quando ele passou ao meu lado, ouvi dois ou três tiros e ele foi neutralizado”, afirmou ele à agência de notícias Reuters.

“As pessoas ao meu redor ficaram apavoradas”, completou.

Várias publicações nas redes sociais mostraram multidões fugindo do shopping e carros de polícia e de serviços de emergência correndo para a área.

Por g1

Prefeitura de Afogados desenvolve projeto de empreendedorismo rural

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira realizou esta semana algumas reuniões junto às associações das comunidades rurais da Serra da Opa, Minador, Brejo, Umbuzeiro e Leitão da Carapuça. A ação faz parte do projeto “Zona rural sem fronteiras: empreender é possível”, realizado em parceria com o SEBRAE. O projeto é uma ação integrada entre as Secretarias de Agricultura e de Administração, Desenvolvimento Econômico e Turismo. 

O objetivo da Prefeitura de Afogados é fomentar o empreendedorismo junto às comunidades rurais. “Fizemos, em parceria com a Secretaria de Agricultura e o SEBRAE, um estudo de solo para saber as potencialidades de cultivo e identificamos um grande desperdício da produção de jabuticaba na Serra da Opa. Junto com o SEBRAE, e dialogando com os agricultores, iniciamos a produção de diversos produtos para agregar valor à produção, como doces e geleias,” destacou o Secretário de Administração e Desenvolvimento Econômico, Ney Quidute. Segundo Ney, o projeto também contempla as produções de coco catolé, castanha, caju e umbu. 

A reunião contou com a presença do Secretario de Agricultura de Afogados, Valberto Amaral. O projeto, e os produtos frutos desta ação, serão apresentados no congresso da Amupe, nos próximos dias 15, 16 e 17 de Abril. 

No stand da Prefeitura de Afogados, durante o congresso, os participantes poderão adquirir os produtos dos nossos agricultores familiares, como geleia e licor de jabutica, licor de umbu, castanhas de caju selecionadas, biscoito de castanha e cocadas de coco de catolé. 

Ao todo, noventa e oito famílias participam do projeto e contaram com o apoio da Gestão Municipal para a estruturação da associação com freezeres para o armazenamento das frutas, panelas, embalagens descartáveis e rótulos com o logo tipo dos produtos para a comercialização. 

A reunião também contou com a participação da agente de crédito do Banco do Nordeste, Viviele Marques, que apresentou a linha de crédito do Crediamigo.

O projeto “Zona rural sem fronteiras: empreender é possível” é um dos finalistas do prêmio SEBRAE – Prefeitura Empreendedora, cujos vencedores serão anunciados na próxima Segunda, 15 de Abril, dentro da programação do Congresso da Amupe.

Papa Francisco aprova documento que entende como afronta a dignidade humana, dentre eles LGBTQI+

O Vaticano publicou nesta segunda-feira, 8, um novo documento aprovado pelo papa Francisco, afirmando que a Igreja Católica acredita que operações de mudança de sexo, fluidez de gênero e barriga de aluguel constituem afrontas à dignidade humana.

O documento argumenta que o sexo com o qual uma pessoa nasce é um “presente irrevogável” de Deus e “qualquer intervenção de mudança de sexo, como regra, corre o risco de ameaçar a dignidade única recebida pela pessoa desde o momento da concepção”. Pessoas que desejam “autodeterminação pessoal, como prescreve a teoria de gênero”, arriscam-se a ceder “à tentação milenar de se fazerem deus”.

O documento também afirma categoricamente a oposição da Igreja Católica Romana à barriga de aluguel, seja a mulher que carrega um bebê “coagida a isso ou escolhe se submeter a isso livremente”, porque a criança “se torna mero meio subordinado ao ganho arbitrário ou desejo de outros”.

O documento foi destinado como uma declaração abrangente da visão da igreja sobre a dignidade humana, que incluiu a exploração dos pobres, migrantes, mulheres e pessoas vulneráveis.

Embora tenha sido preparado durante cinco anos, o posicionamento chega apenas meses depois de Francisco ter desagradado setores mais conservadores de sua igreja ao permitir explicitamente que católicos LGBTQ+ recebessem bênçãos de padres e ao permitir que pessoas transgênero fossem batizadas e atuassem como padrinhos.

Embora os ensinamentos da igreja sobre questões de guerra cultural que Francisco em grande parte evitou não sejam necessariamente novos, sua consolidação agora provavelmente será abraçada por conservadores por sua linha dura contra ideias liberais sobre gênero e barriga de aluguel.

O documento também deve causar profundo descontentamento entre defensores dos direitos LGBTQ+ na igreja, que temem que o documento seja usado como um instrumento para condenar pessoas transgênero, mesmo advertindo contra a “discriminação injusta”, especialmente em países onde são criminalizados e presos e, em alguns casos, condenados à morte ou enfrentam agressão ou violência.

Fonte Estadão

Afogados, dia de acidentes e tentativa de homicídio

Hoje (05), em Afogados da Ingazeira pela manhã, houve uma tentativa de homicídio a Ailton Silva no Bairro São Francisco.


Durante o decorrer da tarde, aconteceram três acidentes envolvendo motociclistas.
o Primeiro seu deu no bairro Padre Pedro Pereira, conhecido como bairro da ponte.

Outros dois acidentes foram: próximo ao posto de combustível Brasilino e o terceiro em frente a Escola Padre carlos Cottart, envolvendo duas motos no acidente.

No começo da noite relatos de interdição de via pela Guarda Municipal, pelo motivo de fio ligado a postes fica pendurados em baixa altura, com riscos de causar mais acidentes.

No mesmo instante que outro acidente também envolvendo fios, desta vez de alta tensão, dão curto em poste que fica localizado em frente ao comercio de Firmino, comercio de espetinhos e bebidas.

Acidente desta vez envolvendo um veiculo sofre capotamento na entrada da cidade de Afogados, sentido Carnaiba.
Até o presente momento não hã informação sobre a identidade do condutor e do passageiro ou motivo do da causa do acidente.

Tentativa de homicídio é registrado em Afogados

Tentativa de homicídio é registrado em Afogados da Ingazeira.

No Inicio da tarde desta sexta Feira é registrado  uma tentativa de homicídio por disparos de arma de fogo, desta vez no bairro São Francisco ( Rua Nova).
Ailton Silva, 32 anos, foi acometido por cerca de 4 disparos, um atingiu seu abdomen. no local esteve consciente a todo tempo e  foi socorrido para o Hospital Regional Emilia Camara.

O ocorrido se deu no mesmo local em que já houve diversas buscas e apreensões por parte das Policias Militar e Civil, local conhecido como beco da cracolandia.

Ailton passou por procedimentos médicos e não corre risco de morte.

O suspeito dos disparos ainda não foi identificado até o momento.

em breve atualização do caso.

Justiça determina medidas sobre o filho de Lula para que ele se afaste da ex

Médica acusa filho do presidente, com quem se relacionou por dois anos, de agressões física e psicológica; defesa nega as acusações

 Após denúncias de agressão verbal e psicológica, a Justiça de São Paulo determinou que o empresário Luís Cláudio Lula da Silva, de 39 anos, filho caçula do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), se afaste de sua ex-companheira, a médica Natália Schincariol, de 29. De acordo com a decisão judicial, Luís Cláudio tem de ficar, pelo menos, “200 metros” distante dela.

Natália registrou boletim de ocorrência contra o ex-companheiro na terça-feira (2/4). Ela disse à polícia que o casal ficou junto por cerca de dois anos. O recente rompimento, segundo a médica, ocorreu porque os supostos episódios de violência doméstica se intensificaram.

No B.O., a vítima afirma que “as agressões são de natureza física, verbal, psicológica e moral”. Ela relata que o filho de Lula deu “uma cotovelada na barriga” dela “em uma das brigas no final de janeiro deste ano”, quando ele teria se recusado a entregar o celular da então companheira.

À polícia ela contou que já foi afastada do trabalho por um mês, “devido ao trauma causado pelas agressões”, e “hospitalizada com crises de ansiedade”. Disse também que recebe ameaças e ofensas constantes de Luís Cláudio, sendo chamada de “doente mental”, “vagabunda” e “louca”.

A vítima afirma, ainda, que vinha sendo “manipulada” e “ameaçada” para não denunciar as agressões, sob a alegação de que o agressor é filho do presidente e que “possui influência para se safar das acusações”.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), as investigações sobre o caso estão sendo feitas pela 1ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), que instaurou inquérito. “A medida protetiva solicitada pela vítima foi deferida pela Justiça, e o autor será intimado da decisão por um oficial da Justiça para cumpri-la”, disse a pasta.

A SSP informou, ainda, que a oitiva das partes será marcada.

Materia completa no Metrópoles

POR: Angélica Sales

 

 

 

Terremoto de magnitude 7,4 atinge Taiwan e gera alerta de tsunami

Um terremoto foi registrado em Taiwan na noite desta terça-feira (2/4), pelo horário de Brasília, portanto na manhã de quarta-feira (3/4), no horário local. O fenômeno, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos, teve magnitude de 7,4 na Escala Richter.

As autoridades estimam que o epicentro do terremoto ocorreu a cerca de 18 quilômetros ao sul da cidade de Hualien, em Taiwan, e a uma profundidade de mais de 34 quilômetros.

Com o terremoto, foram emitidos alertas de tsunami para áreas costeiras do sudoeste do Japão e para a ilha de Okinawa.

Segundo informações da NHK News, as autoridades esperam ondas de até 3 metros de altura na região.

Imagens que circulam nas redes sociais mostram prédios que desabaram após o tremos atingir, princiapalmente, a região leste do país. Até o momentos, não há relatos de mortos ou feridos.

 

Matheus Salomão – Metrópoles

Ex-nora de Lula detalha agressões: “Fui chamada de vagabunda e puta”

Natália Schincariol registrou boletim de ocorrência contra Luís Cláudio. Ela nega agressão física e relata agressões psicológicas.

A psiquiatra Natália Schincariol, ex-companheira de Luís Cláudio Lula da Silva, filho de Lula, detalhou à coluna como foram as agressões psicológicas que ela afirma ter sofrido e que foram objeto de um registro de ocorrência feito na Polícia Civil de São Paulo, revelado pelo repórter Arthur Guimarães, do Metrópoles. Segundo Natália, os ataques de Luís Cláudio contra ela passaram a ocorrer depois que a psiquiatra teria descoberto, em mensagens no celular, uma série de traições cometidas pelo filho do presidente.

“Sofri ofensas e xingamentos. Fui chamada de ‘vagabunda’, ‘puta’, ‘gorda’ e ‘feia’”, contou.

O registro de ocorrência feito por Natália na Polícia Civil de São Paulo fala em uma suposta cotovelada cometida por Luís Cláudio contra ela. A “cotovelada na barriga” descrita no documento, segundo ela, ocorreu quando os dois brigavam pela posse do celular dele.

Descobri 30 traições dele pelo WhatsApp e aí ele começou com violência psicológica, não queria sair da minha casa”, disse Natália. Ela afirmou que o apartamento onde os dois moravam, em São Paulo, é do casal. “Ele deu a cotovelada para eu soltar o celular. Ele jogou, assim, com o cotovelo para eu soltar o celular porque eu tinha descoberto todas as traições, descoberto quem ele era”, completou.

“Ele queria tirar o celular da minha mão, porque eu achei todas as traições no celular. A gente entrou nessa briga de ele puxar o celular e eu puxar o celular. Ele deu uma cotovelada para eu soltar o celular. Mas o ponto não é isso, não teve agressão física. Foi mal colocado no registro de ocorrência”, afirmou.

Filho de Lula teria citado o presidente para ameaçá-la

Segundo a psiquiatra, Luís Cláudio lhe dizia que, caso fosse denunciado, acabaria protegido pelo pai e pela Justiça. “A ameaça foi: ‘se você contar pra alguém que eu te traí, meu pai vai acabar com você, minha família vai acabar com você, o juiz vai ficar do meu lado porque eu sou filho do presidente’”, relatou.

“Ele vai alegar que estou mentindo e vai acabar com minha vida. Ele tem poder, eu não sou ninguém”, disse ela.
“Tenho medo do que ele vai falar, porque ele é sujo, é baixo”.

Apesar da denúncia contra o filho do presidente, Natália afirmou não acreditar que Lula vá defendê-lo e declarou que o petista “não tem nada a ver com isso”.

Guilherme AmadoJoão Pedroso de Campos – Metrópoles